Fale com a Ouvidoria
Portal do Beneficiário | Ainda não sou cadastrado!  


Central de Teleatendimento - Tel.: (21) 2126-7000

CAC - Caixa de Assistência dos Servidores da CEDAE


Beneficiários


Programas

 

PROSAO

 

O Programa de Saúde Ocupacional – PROSAO – é responsável pelo atendimento e acompanhamento médico dos empregados da CEDAE, CAC E PRECE.


O PROSAO é responsável pelos exames periódicos que permitem aos médicos do trabalho a detecção de doenças profissionais ou outros agravamentos de saúde que demandem orientação aos empregados para tratamento especializado.


Exames laboratoriais são solicitados a todos os empregados, não importando a função que exerçam, para uma avaliação precisa e individual. Os resultados são utilizados na prevenção de doenças.


O PROSAO atende, ainda, casos de acidentes de trabalho que ocorram durante o expediente ou no trajeto habitual entre a casa e a empresa, desde que sejam comprovados por Comunicação de Acidente de Trabalho – CAT.


Em caso de acidente de trabalho, todos os empregados da CEDAE, CAC e PRECE têm direito a atendimento, mesmo se não forem associados da CAC

 

 

PROGRAMA DE ATENDIMENTO DOMICILIAR (PAD) E PROGRAMA DE PREVENÇÃO GLOBAL PARA O IDOSO (PGI)

 

A CAC atende hoje cerca de 7.400 pessoas acima de 65 anos, o que representa 23% dos seus associados. Foi pensando no bem estar deles que a CAC criou há alguns anos o Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) e o Programa de Prevenção Global para o Idoso (PGI).

 

PAD e PGI são programas de assistência médica domiciliar que têm como foco principal a prevenção e o acompanhamento de pacientes que possuem restrições para desempenhar atividades diárias, necessitando da ajuda de terceiros.

 

De acordo com o gerente do Departamento Médico-Social (DEMES) da CAC, Dr. Jorge Guilherme, o objetivo do PGI é aumentar o tempo de permanência dos idosos no convívio familiar. Segundo ele, o ambiente hospitalar, por mais equipado que seja, tende a dificultar a recuperação, pois muitas vezes gera depressão, além da questão da infecção hospitalar. É muito importante, lembra o médico, a conscientização de familiares nos cuidados básicos com o paciente, pois podem evitar uma possível reinternação.

 

O ingresso é feito através dos médicos internistas e das assistentes sociais ou por contato da família solicitante. Após a identificação e qualificação do associado a um dos programas, através de um serviço especializado nessa avaliação, o acompanhamento passa a ser feito.

 

Para mais informações entre em contato pelos telefones:
2126-7195 ou 2126-7162.

 

*A CAC não fornece medicamentos e nem enfermeiro 24h em domicílio

 



 

 

PROPAD - Programa de Prevenção ao Álcool e Outras Drogas

 

A CAC, em parceria com a CEDAE, realiza desde 1993 o Programa de Prevenção ao Alcoolismo e outras Drogas (PROPAD), que é destinado, exclusivamente, aos funcionários ativos da CEDAE, CAC e PRECE. A Equipe do PROPAD é composta por médicos, assistentes sociais, psicólogos e técnicos de enfermagem.


O Programa tem como objetivo prevenir o consumo abusivo de drogas lícitas e ilícitas junto aos empregados da CEDAE, CAC e PRECE, recuperar os portadores de dependência química, melhorar o desempenho profissional e a qualidade de vida do empregado.


O funcionário que apresentar algum problema relacionado ao álcool e/ou outras drogas poderá participar do PROPAD mediante o encaminhamento da sua chefia ou gerência à Medicina do Trabalho ou ao Serviço Social da CEDAE, que, após análise, direcionará o empregado à CAC.


Na CAC, o médico e a assistente social farão mais uma análise detalhada e, se for comprovada a necessidade, será proposto ao empregado e seus familiares o plano de tratamento para inclusão no PROPAD.


Algumas modalidades de atendimento

  • Tratamento ambulatorial: quando necessário, o empregado será encaminhado para tratamento ambulatorial ou outros atendimentos. A equipe do PROPAD efetuará o acompanhamento mantendo contato permanente com o Serviço Social da CEDAE;
  • Internação: em hospital ou clínica credenciada, com visitação periódica ao empregado pela equipe do PROPAD, que manterá uma troca de informação permanente com o Serviço Social da CEDAE;
  • Alta hospitalar: quando da alta hospitalar, o empregado será encaminhado ao tratamento ambulatorial e, se necessário, para avaliação especializada, com o devido acompanhamento do Programa;
  • Acompanhamento familiar: durante o tratamento, a família participará de todas as etapas, inclusive no grupo familiar de caráter informativo.

Alguns sinais de alerta:


Alguns sinais de Alerta

 

Para obtenção de mais informações sobre o PROPAD, ligue para:
(21) 2126-7198 ou (21) 2126-7199 (Maria Elisabeth ou Rosana).

 

Entendendo um pouco mais sobre a questão:


O ALCOOLISMO
A bebida alcoólica atua no sistema nervoso central e provoca mudanças no comportamento do usuário. O consumo excessivo gera problemas tanto para o indivíduo quanto para o meio em que ele vive.


O estado de embriaguez é responsável por acidentes de trânsito, desavenças familiares e episódios de violência. A ingestão de álcool ao longo do tempo, de maneira abusiva, pode gerar um estado de dependência: o alcoolismo.
Fatores biológicos, psicológicos e socioculturais, atuando juntos ou separadamente, podem levar ao alcoolismo. A dependência atinge entre 10% e 15% da população adulta brasileira.


Alguns sinais de alerta: Desenvolvimento da tolerância, necessidade de beber cada vez maiores quantidades para obtenção do efeito desejado, aumento da importância do álcool na vida das pessoas, síndrome de abstinência: pode causar tremores nas mãos; distúrbios gastrointestinais; distúrbios do sono; aumento do consumo do álcool para aliviar a síndrome de abstinência.


Os problemas comuns que ocorrem após o uso de bebida alcoólica são: a pessoa pode apresentar um quadro estimulante, com momentos de euforia e desinibição. Com o passar do tempo os efeitos negativos começam a aparecer, como a falta de coordenação motora, descontrole emocional e sono.
Em casos de consumo elevado os efeitos podem até levar ao estado de coma.

 

 

 

PROGRAMA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL - PHA


Este programa destina-se aos trabalhadores ativos ou extraquadros da CEDAE, CAC e PRECE. O objetivo é promover a saúde através de um controle permanente da pressão arterial e evitar uma série de problemas decorrentes desta ‘doença silenciosa’.


Para ingressar no PHA os interessados devem entrar em contato com o Plano através do telefone (21) 21267150 nos ramais: 7196 / 7232 ou 7209.


O Departamento Médico-Social da CAC lembra que o trabalhador precisa apresentar receita atualizada do cardiologista ou endocrinologista, levando a receita à CAC no dia da adesão.


HIPERTENSÃO

Você, certamente, já ouviu falar de hipertensão arterial ou, como é mais conhecida, pressão alta. Mas, afinal, o que é essa doença? É realmente tão perigosa?


A hipertensão arterial é uma doença caracterizada pela elevação dos níveis tensionais no sangue. Estima-se que cerca de 20% da população brasileira sofre de hipertensão, sendo que 50% da população com obesidade tem este problema. Hoje, a hipertensão é a principal causa de morte no mundo, pois pode favorecer uma série de outras doenças.


Sintomas

Considerada uma doença silenciosa, em geral não há sintomas que a caracterizem, a não ser os que surgem quando a pressão já está muito alta: podem ocorrer dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.


Diagnóstico

O diagnóstico de hipertensão é feito pela medida da pressão. A forma mais comum é a medida casual, feita no consultório com aparelhos manuais ou automáticos. A hipertensão também pode ser diagnosticada por aparelhos (Holter) que fazem aproximadamente 100 medidas de pressão durante 24 horas.


Tratamento

A hipertensão não tem cura, mas tem controle. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente.

 

 

 


PROGRAMA DIABETES

 

A CAC desenvolve um programa para os portadores de DIABETES, voltado exclusivamente aos funcionários ativos e extraquadros da CEDAE, e funcionários ativos da CAC e PRECE. Os interessados em participar do Programa devem apresentar no Departamento Médico-Social da CAC uma declaração do endocrinologista ou o resultado de um exame que comprove o diagnóstico de Diabetes.


Mais informações pelos telefones:
2126-7196 ou 2126-7150 (ramais 7209 / 7232 / 7196)


O diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue. O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada (resistência à insulina). A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar nas células, para ser utilizado como fonte de energia. Portanto, se houver falta desse hormônio, ou mesmo se ele não agir corretamente, haverá aumento de glicose no sangue e, consequentemente, o diabetes.

 

Tipos

  • Diabetes tipo 1
    Neste caso, o pâncreas perde a capacidade de produzir insulina em decorrência de um defeito do sistema imunológico, fazendo com que nossos anticorpos ataquem as células que produzem esse hormônio. O diabetes tipo 1 ocorre em cerca de 5 a 10% dos pacientes.
  • Diabetes tipo 2
    No diabetes tipo 2 existe uma combinação de dois fatores - a diminuição da secreção de insulina e um defeito na sua ação, conhecido como resistência à insulina. Geralmente, o diabetes tipo 2 pode ser tratado com medicamentos orais ou injetáveis, contudo, com o passar do tempo, pode ocorrer o agravamento da doença. O diabetes tipo 2 ocorre em cerca de 90% dos pacientes com diabetes.

 

Dúvida Frequente

Quem apresenta exame de glicemia acima dos 99 mg/dl está com diabetes?
Não necessariamente. O exame de glicemia do jejum é o primeiro passo para investigar o diabetes e acompanhar a doença. O valor normal da glicemia do jejum fica abaixo de 100 mg/dL (miligramas de glicose por decilitro de sangue). Estar um pouco acima ou abaixo desses valores indica apenas que o indivíduo está com uma glicemia no jejum alterada. Isso funciona como um alerta de que a secreção de insulina não está normal, e o médico deve seguir com a investigação solicitando um exame chamado curva glicêmica, que define se o paciente possui intolerância à glicose, diabetes ou então apenas um resultado alterado.

 

Sintomas

  • Principais sintomas do diabetes tipo 1:
    • vontade de urinar diversas vezes;
    • fome frequente;
    • sede constante;
    • perda de peso;
    • fraqueza;
    • fadiga;
    • nervosismo;
    • mudanças de humor;
    • náusea e vômito.
  • Principais sintomas do diabetes tipo 2:
    • infecções frequentes;
    • alteração visual (visão embaçada);
    • dificuldade na cicatrização de feridas;
    • formigamento nos pés e furúnculos.

Diagnóstico

A glicemia de jejum é um exame que mede o nível de açúcar no seu sangue em um determinado momento, servindo para monitorização do tratamento do diabetes. O valor de referência fica abaixo de 100 miligramas de glicose por decilitro de sangue (mg/dL).

 

Tratamento do Diabetes

 

 

 

 

PROGRAMA DE REEDUCAÇÃO ALIMENTAR - REEDUCAC

 

O programa de Reeducação Alimentar da CAC – REEDUCAC- é coordenado pelo Departamento Médico-Social (DEMES) da empresa. Os trabalhadores ativos da CEDAE, CAC, PRECE e EXTRA-QUADRO poderão participar do REEDUCAC a partir de um processo seletivo com base em dados ligados ao IMC (Índice de Massa Corpórea) a serem levantados pela equipe de nutricionistas do Programa. O objetivo é beneficiar um grande número de pessoas que apresenta sobrepeso, propiciando mais qualidade de vida pela obtenção de saúde e, consequentemente, maior autoestima.


O Programa REEDUCAC tem acompanhamento nutricional e psicológico. Os participantes farão parte de grupos reduzidos, de até 20 pessoas, que serão formados a cada dois meses.


As reuniões dos grupos serão realizadas na sede da CAC e consistirão em encontros quinzenais para os grupos selecionados com profissionais de nutrição e psicologia, alternadamente. O suporte psicológico é obrigatório e semanal no consultório do profissional indicado. As consultas nutricionais individuais ocorrerão quinzenalmente.


Segundo a equipe do DEMES, o primeiro passo para o sucesso do REEDUCAC é a conscientização do indivíduo de sua autorresponsabilidade no processo de modificação em sua rotina alimentar, para obtenção de resultados positivos.


O Programa é totalmente gratuito, mas para que as metas sejam atingidas a equipe organizadora lembra que a adesão deve ser de maneira efetiva, sem a qual os resultados positivos não serão alcançados.

 



http://www.ans.gov.brANS - nº 321869

Sede: Av. Presidente Vargas, nº 463/ 15º andar. Centro, Rio de Janeiro - RJ. CEP: 20071-908. Tel.: (21) 2126-7000. E-mail: cac@cac.org.br
CAC - Caixa de Assistência dos Servidores da CEDAE

Patrocinadoras:
CEDAEPRECE - Previdência Complementar