Fale com a Ouvidoria
Portal do Beneficiário | Ainda não sou cadastrado!  


Central de Teleatendimento (2ª a 6ª feira - 7:30h às 19:30h) - Tel.: (21) 2126-7000

CAC - Caixa de Assistência dos Servidores da CEDAE


Notícias


Compartilhe:


SUPERÁVIT NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2017


A CAC, no 1º trimestre de 2017, obteve superávit em resultados de R$ 8.9 milhões, mais uma vez confirmando a recuperação do patrimônio social da empresa, que no 3º trimestre de 2015 tinha um patrimônio social negativo de R$ 16 milhões. Atualmente, o Plano tem o patrimônio de R$ 30.2 milhões positivo.


A comparação com o 3º trimestre de 2015 foi feita pelo fato de a ANS, ter configurado o 3° trimestre como balizador e marco para celebração do TAOEF anunciado entre a CAC e a ANS em julho de 2015 devido ao déficit apresentado nos balancetes dos 2 primeiros trimestre de 2015.


O TAOEF estabeleceu um prazo de 2 anos para a CAC voltar a apresentar resultados positivos em seu balanço.


O tempo previsto para voltar a ter resultados financeiros positivos foi cumprido antes do previsto pela Caixa de Assistência, saindo da situação de déficit para uma realidade econômico-financeira positiva, levando a Direção da CAC a pedir à ANS a antecipação do encerramento do TAOEF, o qual se daria somente em novembro de 2017.


O resultado positivo no balanço de 2016, seguido no balancete do 1º trimestre de 2017 se deve ao aumento das receitas de contraprestações, que tiveram uma variação positiva de 10,9% em comparação ao 1º trimestre de 2016, e ao custo com eventos médico-hospitalares, que teve uma variação de 6,5% em relação ao 1º trimestre de 2016, ficando abaixo do índice da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE Saúde, que foi de 11,8%, em março de 2017.


O principal índice, que é o de sinistralidade, ficou em 0,73, bem abaixo da média do mercado de operadoras de Autogestão que foi de 0,89. O índice de despesas administrativas se manteve em 0,10, também, abaixo do mercado de Autogestão, que foi de 0,11.


A tendência é que os custos com eventos médicos cresçam mais do que as receitas de contraprestações em virtude da alta inflação médica, algo normal no seguimento de Saúde Suplementar.


O plano assistencial tem uma faixa etária elevada acima de 60 anos, em torno de 42%, que resulta no aumento do custo, que é formado por dois componentes básicos, preço dos procedimentos e frequência de uso.


A missão da CAC através da Direção, junto ao seu corpo técnico e colaboradores é manter os resultados positivos, continuar buscando alternativas de redução de custos, seja através de seus programas ou com negociações com sua rede de prestadores de serviços, tendo como principal objetivo manter o atendimento com qualidade aos associados.


Veja os números de atendimentos em 2016 e de janeiro a maio de 2017:

 

Total de Atendimentos em 2016
Tipo Quantidade
Consultas Médicas 192.564
Exames 834.178
Internações Cirúrgicas 823
Internações Clínicas 2.645
Internações Obstétricas 201
Internações Pediátricas 229
Internações Psiquiátricas 2
Outros Atendimentos Ambulatoriais 210.486
Terapia 57.451
Total Geral 1.298,579

 

Total de Atendimentos de Janeiro a Maio de 2017
Tipo Quantidade
Consultas Médicas 75.814
Exames 347.449
Internações Cirúrgicas 383
Internações Clínicas 1.210
Internações Obstétricas 109
Internações Pediátricas 238
Internações Psiquiátricas 2
Outros Atendimentos Ambulatoriais 94.200
Terapia 23.246
Total Geral 542.651


Ver mais notícias


http://www.ans.gov.brANS - nº 321869

Sede: Av. Presidente Vargas, nº 463/ 15º andar. Centro, Rio de Janeiro - RJ. CEP: 20071-908. Tel.: (21) 2126-7000. E-mail: cac@cac.org.br
© 1988-2010 CAC - Caixa de Assistência dos Servidores da CEDAE

Patrocinadoras:
Nova CEDAEPRECE - Previdência Complementar